sexta-feira, 21 de novembro de 2008

PORQUE OS CASAMENTOS DE ANTIGAMENTE DURAVAM

Observem as frases retiradas de revistas femininas das décadas de 50 e 60:
.
Se desconfiar da infidelidade do marido, a esposa deve redobrar seu carinho e provas de afeto, sem questioná-lo. (Revista Claudia, 1962)
.
A desordem em um banheiro desperta no marido a vontade de ir tomar banho fora de casa. (Jornal das Moças, 1965)
.
Se o seu marido fuma, não arrume briga pelo simples fato de cair cinzas no tapete. Tenha cinzeiros espalhados por toda casa. (Jornal das Moças, 1957)
.
Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas. (Jornal das Moças, 1957)
.
O noivado longo é um perigo, mas nunca sugira o matrimônio. ELE é quem decide - sempre! (Revista Querida, 1953)
.
Sempre que o homem sair com os amigos e voltar tarde da noite espere-o linda, cheirosa e dócil. (Jornal das Moças, 1958)
.
É fundamental manter sempre a aparência impecável diante do marido. (Jornal das Moças, 1957)
.
Quando seu marido lhe procurar a noite, não reclame de dor de cabeça, trate-o com carinho e amor. (Jornal das Moças, 1960)
.
A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas, servindo-lhe uma cerveja bem gelada. Nada de incomodá-lo com serviços ou notícias domésticas. (Jornal das Moças, 1959)
.
O lugar de mulher é no lar. (Revista Querida, 1955)
.
.
CONCLUSÃO:
Duas possibilidades:
1 - algum palhaço sem função sexual ou atividade laborativa, num surto de "criatividade", inventou isso sobre as revistas daquela época;
2 - naquela época as revistas deveriam ser escritas por homens (sinônimo de palhaço), já que as moçoilas deveriam estar em casa cuidando do "lar" e não trabalhando fora.
.
.

3 comentários:

Anônimo disse...

Acredito que seria o primeiro caso de divorcio na epoca, pois iria servir cerveja sim, mais ela viria quente, qd fosse procurar a toalha estaria na geladeira geladinha e assim vai... srrsrsr

eu disse...

Adorei!

Anônimo disse...

Ninguém inventou...basta conferir nolivro de História do Gilberto Cotrim, Ens.Médio, esta mesma reportagem.