quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Pregnofilia


Eis que meu 1º relato já provocou certa comoção... rs

Chegando em casa já completando as 23 badaladas, após uma rápida incursão com uma amiga, na qual exerci a clássica função de vela (o que anda condizendo com minha palidez atual), logo meu msn para me atualizar nas notícias locais... Após ler o relato abaixo sobre minha amiga Morena, meu "amiguinho" internauta que aqui será chamado de Senhor G. resolve contar uma passagem também comovente da vida de seu amigo Palhacinho.

Partindo da premissa de que tudo se passou com o amigo, vamos ao relato:


Senhor G: Lição aprendida... Não se precisa partilhar toda experiência, ainda mais com uma mulher; a lógica de raciocinio é diferente.

Loira: Passar a mão no pau de um cara???? aff.. Ele deveria levar p o túmulo e ainda exterminar todos q presenciaram tal cena

Senhor G: Se insistissem um pouquinho, se descobria bi passivo!

Eu tenho um amigo.. (hum, um amigo... sei...) q nao é bicha (pois é.. muito importante classificá-lo neste momento), mas q só acontece coisa engraçada... (Ham..? Para ser engraçado tem que ser bicha gente?)

Lembro q logo ao entrar na facul aconteceu uma parada hiper engraçada. Como todo universitário, taradíssimo, ele arrumou uma menina de Marechal Hermes.. (Nossa!!) A gente mora em Caxias, e na época éramos desmotorizados! (Pior, impossível! A sorte é que em Caxias tem busão até para o inferno..)

Pois bem, ele catou a minazinha num bate papo por telefone foi encontrar com a figura sábado a noite, lá em marechal.

Loira: Nossa tudo de bom....
Senhor G: Ficou com a menina, fez todos os trabalhos... só alegria.
Na outra semana, domingão, estávamos eu, ele e outro amigo e perguntamos a respeito da minazinha. Ele falou q a menina era legal, q fez e aconteceu... Daí ele solta...

Palhacinho: - Ela me confidenciou q a fantasia dela é transar com dois homens!
Senhor G: Putz, eu e meu outro amigo ficamos animadaços! (Haja lona para tanto palhaço!)
Então perguntamos se poderíamos ligar pra ela, botar uma pilha e tal. Ele fala q não, q não podíamos, q tínhamos q dar um tempo.
Eu e meu amigo ficamos putos e perguntamos pq não, só ele q podia pegar a perva...
(!!)
Palhacinho: Não vai rolar, pq ela teve filho na última quarta...

Senhor G: Ou seja, o cara pegou uma mulher quase parindo, 4 dias antes do bebê nascer! O maior ato de bravura q um guerreiro já protagonizou... E pra finalizar manda a pérola:
Palhacinho: Porra, o foda é o gosto do colostro...muito ruim.
Loira: putaqueopariu!


Cada um sabe dos seus desejos sexuais, certo?

Senhor... onde este blog vai chegar???

2 comentários:

Anônimo disse...

Esse blog vai ter mais acesso que o da Surfistinha... kkkkkkkk

Sr. G disse...

Esta menina é danadinha. Contei e ela relatou mesmo! Mas é verdade, eu conheço a peça e tudo o que foi dito é vero. Homem no osso é igual soldado em tempos de guerra - não há moral ou limites a serem respeitados. Bjos loira.